Renata Oscar de Castro, de 28 anos, foi morta nesta quarta-feira (11), depois de se recusar a pegar uma cerveja para o marido em um bar em Querência, a 912 km de Cuiabá. De acordo com a polícia, além da mulher, outras três pessoas foram esfaqueadas pelo homem.

Petrônio Aziano da Silva, de 47 anos fugiu depois do crime e está sendo procurado pela polícia.

Conforme consta no boletim de ocorrência, o casal começou a discutir e o marido agrediu fisicamente a mulher. Uma pessoa que presenciou o crime relatou que a briga começou porque a vítima não quis pegar uma lata de cerveja no freezer do bar para o marido, o homem então foi até o balcão do bar, pegou uma faca e acertou a vítima em três lugares. Outra testemunha que estava perto deles, tentou defender Renata e levou três golpes de faca.

À polícia, outras duas pessoas que estavam no local relataram que tentaram conter a agressão, mas também foram esfaqueadas pelo homem. Depois, Petrônio Aziano fugiu pelos fundos do estabelecimento. A Polícia Militar fez rondas na região, mas não localizou o suspeito.

Todas as vítimas de Petrônio foram encaminhadas ao hospital com ferimentos, um deles estava em estado gravíssimo, passou por cirurgia e está se recuperando. Renata Oscar também passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu, o crime foi registrado como feminicídio.

A polícia constatou que Petrônio já tem outros registros criminais, por lesão corporal, ameaça, entre outros, a maioria contra Renata, segundo o boletim de ocorrência.

Fonte/ Créditos: G1