fbpx
Connect with us
ads

Geral

Bebê de 1 ano morre após ser atropelado por colega do pai enquanto brincava embaixo de caminhonete em Santa Rita do Trivelato-MT

Published

on

Uma bebê de 1 ano e 4 meses, identificado como Davi Lima do Nascimento, morreu, na tarde de sexta-feira (12), após ser atropelado enquanto brincava embaixo de um automóvel em frente a uma residência na Comunidade Pacoval, no município de Santa Rita do Trivelato, em Mato Grosso. O condutor do caminhonete, que estava trabalhando no momento do acidente, conversava com o pai da vítima e ao sair do local acabou passando por cima da criança.

Segundo informações da Polícia Civil, o condutor do veículo, de 31 anos de idade, que estava trabalhando no momento do acidente, tinha ido até a casa do pai da vítima, de quem também é colega de trabalho, para buscar a assinatura de uma ordem de serviço. 

Durante o atendimento, sem descer do carro, ele conversou com o morador da residência enquanto ele assinava o documento. Sem que ambos percebessem a criança foi para debaixo do carro brincar. Ao realizar manobra para retornar ao trabalho ele percebeu que havia passado com o veículo em cima de alguma coisa.

Nesse momento, ao olhar pelo retrovisor ele visualizou a criança estirada no chão, chamando assim o pai do bebê imediatamente. Diante da situação, o homem pegou o filho no colo e na companhia do condutor do automóvel se dirigiram ao Pronto Socorro Municipal da cidade. 

Na unidade hospitalar, o médico plantonista informou que a criança não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Devido ao peso do automóvel e a magnitude do acidente, o menino apresentava ferimentos na cabeça e nada pode ser feito. 

À polícia, o suspeito relatou que não havia visto nenhuma criança por perto do veículo enquanto conversava com a testemunha que assinava a ordem de serviço.

Quanto ao relato do pai da vítima, ele disse que não percebeu que o seu filho havia lhe acompanhado para perto do veículo, pois havia deixado a criança dentro de casa.

Após o ocorrido, uma equipe da Polícia Militar conduziu o motorista para a Delegacia da Polícia Civil de Nova Mutum, para prestar esclarecimentos e responder às medidas cabíveis. Ele deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Fonte: Olhar Direto

Continue Reading
Advertisement
Comments