fbpx
Connect with us
ads

Política

Bolsonaro volta a falar de voto impresso: ‘Se não tivermos voto impresso em 2022 vamos ter problema pior que os EUA’

Published

on

O presidente Jair Bolsonaro voltou a insinuar que houve fraude nas eleições presidenciais americanas e defendeu o voto impresso em 2022 no Brasil, diante do risco de “termos um problema pior que os Estados Unidos”.

Nos Estados Unidos, seu aliado, o presidente Donald Trump – derrotado nas urnas ano passado – questionou em várias oportunidades o sistema eleitoral de seu país, o acusando de fraudes. Ontem, em Washington, apoiadores de Trump invadiram o Congresso, em sessão para certificar o resultado da eleição americana, vencida pelo democrata Joe Biden, culminando em enfrentamento com a polícia e até em mortes.

“Se nós não tivermos voto impresso em 2022, uma maneira de auditar voto, vamos ter um problema pior que os Estados Unidos”, disse o presidente a apoiadores na frente do Palácio do Alvorada. “O pessoal tem que analisar o que aconteceu nas eleições americanas agora. Basicamente, qual foi o problema, a causa dessa crise toda. Falta de confiança no voto. Então, lá, o pessoal votou e potencializaram o voto pelos correios por causa da tal da pandemia e houve gente lá que votou três, quatro vezes, mortos que votaram. Foi uma festa lá. Ninguém pode negar isso daí”, disse Bolsonaro.

O presidente, porém, evitou dizer se será candidato à reeleição no ano que vem. “A fraude existe. Daí a imprensa vai falar ‘sem prova, ele diz que a fraude existe’. Eu não vou responder esses canalhas da imprensa mais. Eu só fui eleito porque tive muito voto em 2018. Não estou falando que vou ser candidato ou que vou disputar as eleições”, reiterou Bolsonaro.

Fonte: Valor Investe

Continue Reading
Advertisement
Comments