fbpx
Connect with us
ads

Infraestrutura

BR-163 Será Licitada Em Leilão Para Concessão No Próximo Mês

Published

on

O grupo que oferecer a menor tarifa de pedágio assumirá a administração pedagiada, também terá que investir R$ 1,42 bilhão na rodovia, além de construir a a ferrovia Ferrogrão. Saiba mais…

No próximo dia 25, a rodovia BR-163 será licitada em leilão, para concessão por dez anos, pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), no trecho de 970 quilômetros entre Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá) e Itaituba (PA), onde opera o terminal portuário de Miritituba, no Rio Tapajós.

O grupo que oferecer a menor tarifa de pedágio assumirá a administração pedagiada nessa importante via de integração do Brasil interior.

O grupo vencedor da concessão terá que investir R$ 1,42 bilhão na rodovia, sendo R$ 1 bilhão para recuperação e manutenção e R$ 420 milhões para sua ampliação e melhoria no período concedido.

Um relatório do ministro Benjamin Zymler, do Tribunal de Contas da União, em dezembro do ano passado, aponta que a concessionária embolsará R$ 4,4 bilhões nos dez anos de sua atuação.

O trecho que será concedido inclui 30 quilômetros da BR-230, a rodovia Transamazônica, entre as localidades de Campo Verde e Miritituba, na margem direita do Rio Tapajós, diante de Itaituba. Nesse trajeto, em comum, as rodovias são consideradas remontadas, num linguajar rodoviário.

Isso por conta da perspectiva de que, nesse período, seja construída a ferrovia Ferrogrão, com trilhos paralelos à rodovia ao logo de seu percurso, o que esvaziará o fluxo de caminhões.

Estratégica para o escoamento de commodities agrícolas de Sorriso, Luca do Rio Verde, Nova Mutum, Sinop, Tapurah, Santa Rita do Trivelato, Ipiranga do Norte, Santa Carmem e outros municípios do Norte de Mato Grosso, a BR-163 sofreu questionamentos políticos no Pará.

Fonte:93fm/163Noticias/Redação

Continue Reading
Advertisement
Comments