fbpx
Connect with us
ads

Estados

Brasileira garante vaga na semifinal do boxe feminino

Published

on

O pai e treinador de Beatriz Ferreira, a Bia, falou sobre o orgulho da medalha já garantida pela boxeadora baiana, nas Olimpíadas de Tóquio. A atleta de 28 anos venceu Raykhona Kodirova quartas de final, nesta terça-feira (3), e avançou para a semifinal da competição.

Com a vitória unânime sobre a uzbeque, Bia – que é de Salvador – garantiu ao menos o bronze na categoria peso-leve (até 60 quilos), já que não há disputa de terceiro lugar no boxe, e todos os semifinalistas sobem ao pódio.

No entanto, Raimundo Ferreira garante que a filha está preparada e com muita garra para conquistar a medalha de ouro.

“Estou me sentindo muito orgulhoso por ela. Só faltava essa medalha na trajetória da Bia. Ela já vinha fazendo esse trabalho, ganhando todas as competições. A gente brinca que essa medalha já tem nome, ela é a ‘Mãe de todas'”, contou Raimundo Ferreira ao G1.

“A medalha pintou sendo a de bronze, mas o nosso objetivo é ir atrás da dourada”, garantiu Raimundo
Com relação ao trabalho de preparo que pai e filha já fazem juntos há anos, Raimundo contou que Bia está bastante focada, e que ele confia no desempenho que ela apresenta nas competições.

“A gente vem fazendo um trabalho a longo prazo, de base, com muita dedicação. Ela está bastante focada, bem determinada a ser campeã. Confio muito nela, confio no meu trabalho, em tudo o que a gente fez para chegar aonde estamos chegando”.

“Sei que a gente está no caminho certo, realizando nosso sonho. A gente vem pensando e se preparando para essa competição há tempos, e estamos conseguindo fazer um ótimo trabalho”, se orgulhou.

Bia é considerada a grande favorita da categoria peso-leve e acumula vitórias, com vários títulos nacionais e internacionais, incluindo o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima e o título do Mundial de Boxe, ambos em 2019.

Fonte: G1

Continue Reading
Advertisement
Comments