fbpx
Connect with us
ads

Coronavirus

Cadeia é desinfectada após mais da metade dos presos serem diagnosticados com Covid-19 em MT

Published

on

Após mais da metade dos reeducandos que cumprem pena na Cadeia Pública de Santo Antônio de Leverger, a 27 km de Cuiabá, testaram positivo para a Covid-19, o local passou por uma desinfecção na manhã desta segunda-feira (22).

O objetivo é reforçar as medidas de prevenção e evitar a proliferação do coronavírus (Covid-19). A unidade já tinha sido desinfetada pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) há cerca de três meses.

Os 21 reeducandos que cumprem pena na Cadeia de Santo Antônio atualmente passaram por atendimento médico e fizeram testes para detecção do vírus.

Assim que os resultados dos exames ficaram prontos, a Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) disponibilizou medicamentos e acompanha os casos.

Entre os que estão com Covid-19, 12 apresentam sintomas leves e um precisou de internação. O reeducando, de 66 anos de idade, teve o quadro agravado em função de duas comorbidades: diabetes e hipertensão. Ele está internado há oito dias, recebendo o tratamento necessário.

Os 12 reeducandos estão isolados dentro da unidade.

Dois servidores da unidade receberam as instruções para operar o equipamento, que foram repassadas aos reeducandos, para que consigam realizar a desinfecção.

O diretor frisa também que a unidade possui estoque de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), e que o protocolo de isolamento é aplicado a todas as pessoas que ingressam na unidade.

A Cadeia Pública de Santo Antônio de Leverger é destinada a servidores dos órgãos de segurança, tanto federais quanto estaduais, ativos e inativos, submetidos a cumprimento de pena no Sistema Penitenciário.

Fonte: G1

Continue Reading
Advertisement
Comments