fbpx
Connect with us
ads

Coronavirus

Coronavírus já matou 7 médicos em MT e outros 278 já foram infectados desde o início da pandemia

Published

on

Sete médicos já perderam a vida em Mato Grosso vítimas do novo coronavírus (Covid-19) no estado. Segundo levantamento do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), outros 278 médicos já se infectaram desde o começo da pandemia.

Dois médicos morreram no final de semana: um deles era Moyses Nadaf Neto, de 65 anos, que atuava como ginecologista do Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá.

Ele morreu no domingo (26) enquanto estava internado com coronavírus em um hospital particular de Cuiabá.

Moyses havia perdido o pai dele neste mês, Pedro Moysés Nadaf, de 94 anos, também por Covid-19.

Além de Nadaf, outro médico neurologista de 47 anos também morreu em decorrência da Covid-19 em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, na madrugada de sábado (25).

Clodoaldo Pirani Júnior passou 22 dias internado na cidade, mas não resistiu às complicações causadas pelo vírus.

Também faleceram os seguintes profissionais: Walter Tapias Tetilla, Fernando Augusto Moreno Gurginski, Gabriele Righetti Neto, Marcel Gonçalo Baracat de Almeida e Reinaldo Rodrigues de Oliveira.

De acordo com o CRM-MT, outros 97 casos estão em monitoramento, seis médicos estão internados e 106 se recuperaram.

Casos em Mato Grosso

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (26), 43.637 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.616 óbitos em decorrência do coronavírus no estado e 36 mortes nas últimas 24 horas.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (9.563), Várzea Grande (3.308), Rondonópolis (2.880), Lucas do Rio Verde (2.483), Tangará da Serra (1.876), Sorriso (1.666), Primavera do Leste (1.614), Sinop (1.523), Nova Mutum (1.210) e Pontes e Lacerda (858).

Por G1

Continue Reading
Advertisement
Comments