fbpx
Connect with us
ads

acidente

“Diamantino está de luto; ninguém esperava uma tragédia dessas”

Published

on

Amigo próximo da família, o vereador Ranielli Patrick (PDT) afirmou que o Município de Diamantino está de luto com a morte trágica e precoce do ex-prefeito Eduardo Capistrano e de sua esposa Suzana Dalmolin Capistrano.

O casal faleceu na manhã de domingo (3) durante uma viagem com um grupo de motociclistas para a cidade de Cascavel (PR). Eduardo e Suzana colidiram com uma carreta na BR-163 no Mato Grosso do Sul e morreram na hora.

Em entrevista ao MidiaNews, o vereador afirmou que esteve com a família das vítimas na noite de ontem e que todos estão muito abalados. O casal tinha três filhos – de 7, 4 e 1 ano – que agora estão sob cuidados dos avós.

Eduardo administrou Diamantino entre os anos de 2017 e 2020, e Ranielli, além de parceiro político, também era um amigo que convivia com o ex-prefeito. Para ele, a notícia da morte de Eduardo e da esposa foi uma triste surpresa.

“Diamantino está em luto, a gente perdeu um grande líder político. Toda a população está muito sentida, ninguém jamais esperava uma tragédia dessas”

“Diamantino está em luto, a gente perdeu um grande líder político. Toda a população está muito sentida, ninguém jamais esperava uma tragédia dessas”, afirma.

Outro amigo de Eduardo, o vereador Edimilson Freitas (PSDB) contou que perdeu o chão ao ficar sabendo das mortes. Com mais de 20 anos de carreira como servidor efetivo na Prefeitura de Diamantino, ele afirma que nunca viu um líder tão atencioso com a população como o ex-prefeito.

Também muito próximo da família, Edimilson contou que conversou com Eduardo na noite anterior ao acidente. Ao amigo, o ex-prefeito afirmou que “pegaria a estrada” na manhã seguinte e prometeu que ambos conversariam novamente quando ele chegasse ao destino. No entanto, a ligação nunca aconteceu.

“Quando fiquei sabendo era por volta de umas 9h, acabou meu chão”, disse.

“Geralmente as pessoas falam: ‘morreu virou santo’. Mas não, eu falo porque tive o prazer de conviver com eles, ir à casa deles e ver o carinho que eles tinham com os filhos, a preocupação um com o outro”, acrescentou.

Acidente fatal

Eduardo e Suzana saíram de Diamantino com mais onze casais de motociclistas integrantes do Moto Clube Rota 364 para fazer a excursão até o Paraná. Animada, Suzana chegou a compartilhar nas redes sociais os últimos momentos do casal.

Além do casal, um secretário de Diamantino também fazia parte do grupo de motociclistas e descreveu para Edmilson a dinâmica do acidente.

Segundo Edimilson, a batida ocorreu durante uma tentativa de ultrapassagem de Eduardo e um dos colegas. O ex-prefeito e a esposa estavam atrás do motociclista quando ambos abriram caminho para outra pista.

No entanto, o condutor que seguia na frente freou ao ver a carreta vindo na pista contrária. Sem perceber a redução de velocidade do colega, Eduardo acabou colidindo com o baú da moto da frente e perdeu o controle.

Foi neste momento que o ex-prefeito e a esposa foram de encontro com a carreta, morrendo no momento do violento impacto.

“Um cara simples, atendia  todo mundo sempre sorrindo, sempre brincando. Então o que tenho para falar dele é isso. Vai deixar um grande legado para gente”, finalizou Edimilson.

Velório e enterro

Os corpos de Eduardo e Suzana saíram de Alvorada do Sul no início da madrugada desta segunda-feira (3) com destino a Diamantino.

O velório do casal começa às 13h na Igreja Matriz Imaculada Conceição e termina às 17h. Depois disso, os dois serão sepultados no cemitério da cidade.

Fonte: Mídia News

Continue Reading
Advertisement
Comments