fbpx
Connect with us
ads

Saúde

Doença da urina preta é identificada em quatro estados do país

Published

on

Quatro estados investigam casos da “doença da urina preta” no país. A Bahia contabiliza 13 confirmações da Doença de Haff entre janeiro e setembro deste ano. Outros cinco ainda permanecem em investigação, de acordo com a Sesab, Secretaria Estadual da Saúde. Pará, Ceará e Bahia também registraram casos da patologia.

Os sintomas da “doença da urina preta”, como é chamada, aparecem em pessoas após a ingestão de pescado, peixe na entre duas e vinte quatro horas após a refeição, e são dor, rigidez muscular, perda de força, falta de ar, entre outros. O Ministério da Saúde acredita que a situação se desencadeie de uma toxina presente nos alimentos que foram mal higienizados e mal acondicionados.

A Sesab informou também que, além da capital, as notificações foram feitas nos municípios de Alagoinhas, Nordeste da Bahia, Maraú, no Sul, e Mata de São João, Camaçari e Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

Na cidade de Itacoatiara, a FVS, Fundação de Vigilância em Saúde emitiu uma recomendação para que as pessoas evitem o consumo de peixe por cerca de 15 dias até que as análises sejam concluídas.

No Amazonas, após 60 casos suspeitos, as autoridades estão em alerta. Recentemente, seis contaminações foram confirmadas e uma morte. Ao todo, nove cidades foram atingidas no estado.

A FVS apontou que a doença passa pelo seu terceiro surto, sendo o primeiro em 2008 com 27 casos no estado amazonense e o segundo em 2015, com 74 casos. Em todos os ciclos anteriores não foram contabilizadas mortes, caso que difere do atual panorama com óbitos decorrentes da “urina preta”.

Fonte: Band News FM

😀Olá! Tudo bom? Clique aqui e receba as notícias no seu celular. Esse é o link de um de nossos grupos no WhatsApp, é só clicar e acompanhar as notícias, fique a vontade!

Continue Reading
Advertisement
Comments