fbpx
Connect with us
ads

Coronavirus

Filha implora por um leito de UTI para pai que está com 90% do pulmão comprometido, em Cuiabá

Published

on

Uma filha de 28 anos está implorando por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o pai que está com 90% do pulmão comprometido devido à Covid-19, em Cuiabá. Ubiraci Brandão Miranda, de 56 anos, está em tratamento contra a doença há 10 dias e foi internado em um hospital particular nessa terça-feira (9).

“Estou implorando, por favor, pelo meu pai, ele está internado e não tem mais recurso. Ele precisa de uma UTI. Por favor, alguém faz alguma coisa. Não sabemos mais o que fazer, estamos sem chão”, disse Bárbara Miranda.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que trabalha para a abertura de 20 novos leitos ainda nesta semana, e que o paciente deve aguardar na fila até que uma unidade seja liberada. Na tarde desta quarta-feira (10), 68 pessoas aguardam por um leito UTI em todo o estado, sendo que 24 são moradores de Cuiabá.

Bárbara contou ao G1 que o pai não tem doenças pré-existentes e fazia tratamento em casa devido a lotação nos hospitais, no entanto, ele teve uma piora no estado de saúde nesta semana e foi intubado na manhã desta quarta-feira (10).

Thank you for watching

“O levamos para uma consulta ontem (9) e ele acabou sendo internado. Hoje (10) de manhã foi intubado. A diária é de R$ 7 mil. Ele é autônomo e nós não temos mais condições”, relatou.

A família protocolou um pedido na Defensoria Pública de Mato Grosso e agora aguarda avaliação do juiz para dar prioridade ao paciente e conseguir uma transferência para um leito de UTI.

Conforme boletim médico, a situação de Ubiraci é grave. A saturação dele está em 54%. Para a maioria das pessoas saudáveis o nível de saturação fica entre 95% e 100%. “Eu não posso perder meu pai, eu não quero isso e ele não merece. Creio que tudo vai dar certo, que meu pai vai sair dessa, mas peço encarecidamente quem puder ajudar, nos procure”, disse.

Nesta semana, a saúde pública de Mato Grosso entrou em colapso com a lotação máxima dos leitos de UTI. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) chegou a pedir a outros estados auxílio para a transferência de pacientes com Covid-19, mas não conseguiu.

Mato Grosso tem 267.051 casos confirmados da Covid-19 e 6.173 mortes em decorrência da doença. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 461 internações em UTIs públicas e 469 em enfermarias públicas. Até o fim da tarde desta quarta-feira, a taxa de ocupação era de 94,1% para UTIs adulto e em 60% para enfermarias adulto.

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou, na tarde desta quarta-feira (10), a abertura de 500 leitos clínicos com ventilação mecânica e 160 de UTI para atender pacientes com Covid-19. Ele afirmou ainda que haverá a liberação de R$ 69,8 milhões aos municípios, em até cinco dias, para a contratação de profissionais de saúde, medicamentos e outras despesas necessárias para colocar os leitos em funcionamento.

Os leitos clínicos serão instalados em parceria com os municípios, entre eles Cuiabá, Alta Floresta, Cáceres, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sorriso, Várzea Grande, com recursos estaduais e federais.

Fonte: G1

Continue Reading
Advertisement
Comments