fbpx
Connect with us
ads

Geral

Funcionários de hospital de MT dizem que estão sem receber salário há 4 meses e protestam com frases coladas em parede

Published

on

Funcionários do Hospital São Luiz, em Cáceres, a 217 km de Cuiabá, realizaram um protesto nessa segunda-feira (26), por não receberem salário há mais de 4 meses.

A direção do Hospital São Luiz (HSL) informa que mantém diálogo constante com todas as lideranças da unidade, compartilhando esclarecimentos sobre os temas apresentados, bem como os impactos socioeconômicos ocasionados pela pandemia da Covid-19 em todo o país.

Como forma de protesto, funcionários escreveram frases e colaram nas paredes da unidade de saúde.

Entre os recados de manifestação estão frases como “Meu aluguel esta atrasado”, “Estou passando necessidade e ninguém faz nada”, “Cadê nosso vale-alimentação”, “Cadê o décimo”, “Que repasse é esse?”, “Cadê nosso pagamento?”, “Meu filho está sem leite em casa”, “Estou passando necessidade e ninguém faz nada”, “Cadê a humanização?”, “Saio de casa com risco de morrer por Covid e não recebo”, “Isso é a humanização?”.

Com medo de retaliações, alguns funcionários informaram que saíram de férias, retornaram ao trabalho e ainda não receberam o pagamento.

Disseram também que o governo faz o repasse todo o dia 10 de cada mês e, mesmo assim, o atraso é constante desde que a instituição Pró-Saúde assumiu a gestão do Hospital São Luiz.https://ff868d0e2db8f349a012562a30d5dc50.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Conforme a gestão da unidade de saúde, o “HSL aguarda recursos previstos para serem disponibilizados nas próximas semanas e que serão direcionados imediatamente ao pagamento de salários. Não procede a informação de que a unidade recebe recursos mensalmente no dia 10”.

Ainda segundo o hospital, o HSL quitou o pagamento de salários referente ao mês de maio, além de parte de benefícios e férias de colaboradores.

“A direção do Hospital São Luiz está à disposição dos profissionais na prestação de todos os esclarecimentos necessários. O HSL, assim como a maioria dos hospitais filantrópicos do Brasil, enfrenta dificuldades em decorrência da pandemia, que impactou na gestão de recursos. No entanto, o hospital vem atuando continuamente para a estabilização econômica e na continuidade de um atendimento seguro e com qualidade na região de Cáceres”.

Fonte: G1

Continue Reading
Advertisement
Comments