fbpx
Connect with us
ads

acidente

Gasoduto explode em mineradora de MT e rodovia é interditada; VEJA VÍDEOS

Published

on

O gasoduto explodiu a cerca de 1,5 quilômetro da entrada de Nossa Senhora do Livramento (39km de Cuiabá), na miredora de propriedade de Rico Abdala. O Corpo de Bombeiros ainda não conseguiu chegar ao local, mas duas equipes foram encaminhadas para averiguar a situação. A rodovia está interditada nos dois sentidos.

Segundo informações da assessoria de imprensa dos bombeiros, as ligações começaram por volta das 9h40 da manhã. A explosão teria acontecido próximo à entrada de Livramento, sentido Cáceres, perto do posto pantanal/mineradora Abdala, na zona rural.

Até o momento, não consta no sistema a chegada dos bombeiros no local. No entanto, como trata-se de zona rural, existe a possibilidade de já terem chegado no local, porém não terem conseguido fazer comunicação pra informar a chegada ou a respeito do fato.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a explosão aconteceu na BR-070/MT, quilômetro 545, próximo a comunidade Carijó. A via foi interditada em ambos os sentidos.

O gasoduto é uma rede de tubulações que leva o gás natural das fontes produtoras até os centros consumidores. O gasoduto Bolívia-Brasil transporta o gás proveniente da Bolívia. Transporta grandes volumes de gás, possui tubulações de diâmetro elevado, opera em alta pressão e somente se aproxima das cidades para entregar o gás às companhias distribuidoras, constituindo um sistema integrado de transporte de gás.

A empresa se manifestou por meio de nota:

NOTA: A Gás Ocidente Mato Grosso (GOM) informa que seu sistema de monitoramento identificou uma perfuração do gasoduto e fechou automaticamente as válvulas de segurança do trecho afetado, interrompendo o fluxo de gás. O incidente ocorreu em área rural e o gás não representa risco ambiental. 

As autoridades foram imediatamente acionadas e reportaram que não houve vítimas. Equipes da companhia estão trabalhando no local para reparar os danos à tubulação.
(Fonte: Olhar Direto)

Continue Reading
Advertisement
Comments