fbpx
Connect with us
ads

Geral

Governo e prefeitura de Cuiabá decretam luto de 3 dias pela morte do pastor da Assembleia de Deus

Published

on

O Governo de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá decretaram luto oficial de três dias pela morte do pastor e líder da Assembleia de Deus no estado, Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, na madrugada desta quarta-feira (8).

Ele foi vítima da Covid-19 e fazia tratamento há 12 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da capital.

Há cinco dias, o filho dele, Rubens Siro de Souza, de 68 anos, também morreu em decorrência da doença.

Já a mulher de Sebastião, pastora Nilda de Paula, de 90 anos, teve Covid-19, foi curada e teve alta médica na terça-feira (7).

O pastor liderou a Assembleia de Deus por quase 50 anos em Mato Grosso.

“Tinha por ele uma grande admiração pelo líder e homem de Deus que ele sempre foi. Sua igreja e a sua fé permanecerão vivos para sempre. Eu e minha esposa Virginia Mendes estamos em oração para que Deus conforte o coração dos familiares, amigos e dos milhares de fiéis”, afirmou o governador Mauro Mendes, por meio da assessoria.

O prefeito Emanuel Pinheiro, por meio da assessoria, também manifestou seus sentimentos pelo falecimento de Sebastião.

“Uma grande perda para a sociedade cuiabana, para Mato Grosso. Que Deus conforte o coração da família e dos irmãos da Assembleia de Deus que perderam seus dois líderes nesta última semana”, declarou.

A União de Mocidade das Assembleias de Deus de Cuiabá e Região (Umadecre) fez uma postagem no Facebook lamentando a morte do pastor.

Fonte: G1

Continue Reading
Advertisement
Comments