fbpx
Connect with us
ads

Destaque

Governo vai investir R$ 1,18 bilhão na Saúde e construir 3 novos hospitais regionais

Published

on

O Governo vai continuar investindo para melhoria dos serviços de saúde e garantia da melhor estrutura para atender a população do Estado. Isso será possível por meio do maior programa de investimentos da história de Mato Grosso, o Mais MT, que vai investir R$ 1,18 bilhão na Saúde pelos próximos quatro anos.

De acordo com o programa de investimentos, serão construídos mais três hospitais regionais nas regiões do Araguaia, Noroeste e Nordeste de Mato Grosso. Para tornar o planejamento uma realidade, o Poder Executivo vai investir R$ 201 milhões. Os profissionais da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) já trabalham na execução dos projetos, que estão na reta final

Outra grande e importante obra de saúde em execução é a retomada da construção do Hospital Central. A unidade de saúde, localizada no Centro Político Administrativo, está paralisada há 34 anos e foi retomada pela atual gestão, que trabalha para colocar o hospital em funcionamento.

De acordo com o projeto, a unidade terá aproximadamente 32 mil metros quadrados de área total construída, sendo 9 mil da estrutura antiga e 23 mil de ampliação – isto é, construção nova. O valor investido será de R$ 195,9 milhões, tanto na construção e ampliação, como para a compra de equipamentos. A empresa responsável já foi definida em processo licitatório, que está em andamento.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, os investimentos vão impactar positivamente na sociedade, oferecendo um melhor serviço de saúde para quem depende do Sistema Único de Saúde (SUS-MT).

“São projetos estruturantes que vão melhorar o atendimento aos pacientes que buscam a rede de saúde em Mato Grosso. Os investimentos vão preencher vazios assistenciais, pois vão proporcionar melhorias das estruturas já existentes com reforma e ampliação e a construção de novas unidades que há décadas são reivindicadas pelas pessoas que moram nas regiões menos favorecidas”.

Fazem parte do pacote a retomada das obras do Hospital Universitário Júlio Muller (R$ 207 milhões), reforma, ampliação e modernização de demais hospitais (R$ 353 milhões), reforma e modernização de Unidades Especializadas (R$ 73,7 milhões), Programa de Cirurgias Eletivas (R$ 28,4 milhões), dobrar os leitos de UTIs dos hospitais regionais (R$ 30 milhões) e Programas de Segmentados (R$ 98,8 milhoes

Fonte: 163 NOTICIAS / REDAÇÃO

Continue Reading
Advertisement
Comments