fbpx
Connect with us
ads

Geral

Identificados os 4 bandidos mortos em confronto com Polícia; todos com histórico de crimes

Published

on

Apolícia indentificou os outros dois suspeitos mortos em confronto com a Força Tática  na madrugada desta sexta (30) na Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande. Tratam-se de Frank Aparecido Soares Viana e Fagner Morais dos Santos, conhecido como “Zé”. Hoje mais cedo já haviam identificado Deyverson Ferreira de Oliveira Motta, de 29 anos, o Gordinho, e Kaio Henrique Miranda Araujo, de 25 anos. No total, quatro criminosos morreram na ação. 

Conforme o BO, Deyverson era o motorista da HB20 onde estavam os suspeitos quando foram abordados. Kaio usava tornozeleira eletrônica.

Frank Aparecido Soares Viana e Fagner Moraes dos Santos haviam sido presos em 2017 na Operação Criminale, realizada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) em parceria com a Derf Cuiabá. Eles eram acusados de integrar uma organização criminosa que articulava e executava roubos em residências e comércios. As ordens para os crimes vinham de líderes do grupo que estavam presos Penitenciária Central do Estado (PCE).

Já Kaio foi preso em 2016 após uma tentativa de assalto a uma agência do Banco Sicredi, na Vila Operária, em Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá). Em 2017, foi alvo da Operação Criminale, deflagrada pela GCCO e Derf. As investigações apontavam que ele fazia parte de uma organização criminosa que agia em roubos à residências e comércios, incluindo uma cooperativa de crédito. Os suspeitos também chegavam a “alugar” armas de fogo para outros criminosos da Capital.

Já Deyverson foi preso em 2018 pela Derf-VG por roubo circunstanciado e associação criminosa. Com ele, os investigadores apreenderam dois simulacros de fuzil, tipo Air Soft, sendo um deles já adaptado para ser utilizado nos crimes.

Conforme informações preliminares, a Força Tática recebeu uma denúncia anônima sobre o grupo que estaria indo para Várzea Grande com objetivo de cometer um assalto. Quando localizaram o veículo suspeito, deram ordem de parada, mas os criminosos atiraram contra os militares. Foi iniciada então a troca de tiros e os suspeitos foram mortos no local. 

Os corpos foram encaminhados ao IML para exames e identificação. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está no local. Além disso, a Corregedoria Geral da Polícia Militar também acompanhará o caso.

Fonte: RD News

Continue Reading
Advertisement
Comments