fbpx
Connect with us
ads

Geral

Idoso de 74 anos sai atirando no meio da rua e acaba morto após enfrentar a Polícia, em MT

Published

on

No início da noite de quarta-feira (04), um homem identificado como Geraldo Ferreira Neto, de 74 anos, foi morto pela Polícia Militar em Mirassol D’Oeste, a 300 km de Cuiabá. Segundo as informações, ele estava em posse de uma arma de fogo, atirando pela rua do bairro Bandeirantes, e tentou reagir quando a polícia o abordou.

A Polícia Militar informou que foi realizada um denúncia de que um idoso estava atirando no meio da rua, os militares então se deslocaram até o endereço e lá encontraram o homem sentado na frente de casa.

Assim que viu a Polícia, o suspeito levantou-se, segurou a arma com a mão esquerda e apontou contra os policiais, que deram ordem para que ele a deixasse no chão, mas não obedeceu. Os PMs chegaram a disparar alguns tiros contra o homem, mas não chegaram a acertá-lo, em seguida ele correu para dentro de casa, se trancou e disse que “não iria obedecer nenhuma ordem policial e que ninguém iria entrar na sua casa, e se entrasse iria tomar tiro”.

Os policiais então montaram um cerco e solicitaram ainda o apoio de outras equipes e também da Força Tática. 

O homem estava muito agitado e não aceitou negociação com os militares, e não sair do interior da residência. Com o impasse,  foi feito o uso de gás lacrimogênio por meio de granadas. Elas foram lançadas na cozinha e no quarto onde o idoso estava.

A PM então reforçou, mas o idoso aproveitou espaço da janela para dar mais tiros contra os policiais. Em seguida, correu para outro cômodo, onde atirou em direção à outra parte dos policiais, que revidaram.

Com um escudo balístico, a Força Tática iniciou a aproximação da casa para tentar contato com o suspeito, mas os policiais foram recebidos com mais balas. Ele chegou a disparar tiros por um buraco na fechadura da porta. Na tentativa de negociação, declarou que “não sairia vivo da sua casa, que ninguém entraria ali”. A porta foi arrombada e os policiais invadiram.

Quando os policiais conseguiram entrar, Geraldo atirou várias vezes contra a equipe, que revidou. Após alguns segundos, perceberam que ele havia sido baleado. Ambulância foi acionada e a equipe médica esteve no local, prestando os primeiros socorros ainda na casa do suspeito.

O idosos foi encaminhado ao Hospital Municipal em estado grave. Ele não resistiu e acabou morrendo. O caso foi registrado pela PM local e pela Polícia Civil.

Redação 163 Notícias/ RD News

Continue Reading
Advertisement
Comments