fbpx
Connect with us
ads

Polícia

Investigação sobre latrocínio de idoso leva à prisão duas pessoas envolvidas no crime

Published

on

A Polícia Civil de Tangará da Serra instaurou inquérito para apurar o latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou José Pereira Netto, 81 anos, encontrado morto no dia 12 de fevereiro, em uma residência na área central da cidade. Duas pessoas estão presas suspeitas de envolvimento no crime.

Conforme o delegado Edmar Faria Filho, responsável pelo inquérito, na data em que ocorreu o crime a Polícia Civil prendeu em flagrante um homem suspeito pelo latrocínio.

Investigação

Os policiais apuraram que uma mulher que trabalhou para a vítima, há aproximadamente três meses, passou informações sobre o funcionamento e o que havia no local onde o idoso comercializava ervas medicinais. A partir desses dados, o suspeito que foi preso em flagrante arrombou o local, abordou a vítima e depois de amarrar o idoso, cometeu o crime.

Diligências foram realizadas pela equipe da Delegacia de Tangará da Serra imediatamente após o crime. Um suspeito foi conduzido em flagrante à Polícia Civil e em depoimento indicou a participação de mais uma pessoa no crime.

A partir das informações apuradas, o delegado Edmar Faria representou pela prisão preventiva da mulher que foi funcionária da vítima. A prisão foi deferida pela Justiça.

Os dois envolvidos no crime permanecem presos. A Polícia Civil segue com a investigação, inclusive para apurar a suposta participação de uma terceira pessoa no crime.

A vítima havia completado 81 anos na véspera do crime. José Netto foi encontrado na área de sua residência com as mãos amarradas, boca amordaçada e uma  sacola na cabeça. A residência era utilizada como ponto comercial para venda de ervas medicinais
Fonte: Assessoria/163 NOTICIAS/WESLLEY RAMOS/REDAÇÃO

Continue Reading
Advertisement
Comments