fbpx
Connect with us
ads

Política

Lula diz que nenhum presidente tem o direito de brigar com a ciência

Published

on

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a cutucar, mesmo que indiretamente, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo combate ao coronavírus. Para o petista, nenhum chefe do Executivo tem o direito de lutar contra a ciência. “Muita gente naturalizou, mas 74 mil mortos não é pouca coisa”, disse Lula em live com petroleiros da FUP (Federação Única dos Petroleiros).

“Só ontem morreram mais de 1.300 brasileiros. Um presidente, em qualquer país do mundo, não tem o direito de brigar com a ciência. Minha solidariedade à família dessas pessoas. Vidas que poderiam ter sido poupadas”, acrescentou.

Recentemente, Lula declarou que o Brasil tem “o governo mais desmoralizado do planeta Terra” e que, caso Bolsonaro não mude de comportamento na pandemia, “vamos nos arrastar até 2022 chorando a morte de milhares de companheiros que poderiam ser salvos”.

No debate de hoje, o petista ainda negou que esteja mais “radical” após sair da prisão e que avalia, na realidade, que está mais “maduro”.

“Tem gente que acha que eu deveria ter saído da cadeia com uma bandeira branca. Acham que eu estou radical. Eu na verdade estou mais maduro. Não vou abaixar a cabeça pra quem mentiu sobre mim e agora não tem como voltar atrás”, disse.

Por: UOL

Continue Reading
Advertisement
Comments