fbpx
Connect with us
ads

Geral

Motorista é denunciado pelo MP por atropelar e matar motociclista que teve corpo arremessado em carroceria de caminhonete em MT

Published

on

O motorista da caminhonete que teria atropelado e matado um motociclista há um mês, em Cuiabá, foi denunciado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE) por homicídio consumado, com a qualificadora meio cruel.

Consta na denúncia, oferecida pela 2ª Promotoria de Justiça Criminal de Cuiabá, que o acusado estava embriagado e dirigia na contramão.

Fábio Pereira Andrade, de 40 anos, morreu atropelado no dia 6 de fevereiro na Avenida Doutor Meirelles, no Bairro Jardim dos Ipês, em Cuiabá. Com o impacto, o corpo dele caiu na carroceria da caminhonete que o atropelou.

José Eduardo de Oliveira dirigia uma caminhonete S10, pela contramão de direção, momento em que colidiu com a motocicleta de Fábio.

“Ao dirigir seu veículo embriagado, na contramão de direção, resta evidente que além de sua indiferença ao resultado, José Eduardo de Oliveira assumiu de forma livre e consciente o risco de produzir a morte de Fábio Pereira de Andrade. O crime foi cometido com emprego de meio cruel, em razão do denunciado ter se evadido do local do delito com a vítima na carroceria da caminhonete por aproximadamente 49 Km, causando-lhe sofrimento intenso e desnecessário”, diz a denúncia.

Em decorrência do impacto a vítima foi arremessada e o seu corpo ficou preso no suporte de carga fixada na carroceria da caminhonete.

“Mesmo alertado por populares que estavam nas proximidades a respeito do ocorrido e de que o corpo de Fábio Pereira de Andrade estava na carroceria, o denunciado empreendeu fuga em alta velocidade”, sustenta o MPE.

José Eduardo foi alertado por testemunhas que o rapaz estava na carroceria, mas ignorou.

“Durante a perseguição, o denunciado, para despistar as testemunhas e assegurar a impunidade do crime, acelerou ainda mais o veículo, pegou atalhos e vias não pavimentadas. Ele chegou a passar em frente da UPA do Bairro Pascoal Ramos, contudo, não parou para socorrer a vítima, continuando a fuga, que se estendeu por aproximadamente 49 Km, até a chegada dos policiais militares”, relatou a Promotoria de Justiça.

A vítima

Fábio estava a caminho do trabalho quando foi atingido pela caminhonete. Fábio trabalhava como entregador em uma lanchonete que fica no Bairro Tijucal. Além de trabalhar na lanchonete, ele cuidava de uma horta de alfaces hidropônicas junto com a mulher e os filhos.

Ele deixou a mulher e três filhos, de 7, 10 e 21 anos.

Fonte: G1

Continue Reading
Advertisement
Comments