fbpx
Connect with us
ads

Justiça

MT: Filha e genro confessam ter causado incêndio que matou idoso carbonizado

Published

on

Após se contradizerem durante os depoimentos, a filha e o genro de Toshio Ono, 77, que morreu carbonizado no dia 26 de junho em Mirassol D’Oeste (300 quilômetros de Cuiabá), confessaram que atearam fogo na casa onde o idoso morava. Eles alegaram não saber que Toshio estava dentro da residência no momento do crime.

Ao prestar depoimento, o casal foi separado e contaram versões diferentes do crime. “Eles se contradizem o tempo todo, basta separá-los. Percebemos que algumas questões ainda precisam ser levantadas. Quando estão juntos, só ele fala e a filha permanece em silêncio, mas, quando se separam, as versões não coincidem”, disse a delegada Carla Evangelista.

Ainda segundo a responsável pelo caso, a prisão deles é temporária, até que o crime seja solucionado. “Disseram que ele poderia estar dormindo na casa de um parente, o que não era corriqueiro na vida dele. Depois de ouvir diversos parentes e testemunhas, descobrimos que esse genro estava sempre ameaçando o Toshio, dizendo que compraria uma arma. Judiavam dele, o deixando sem alimentos”, declarou.

A causa da morte do idoso segue sendo investigada pela Polícia Civil, que espera o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Fonte: Estadão MT

Continue Reading
Advertisement
Comments