MT imuniza 100% do sistema penitenciário contra H1N1; quase 15 mil pessoas vacinadas

8

A Coordenadoria de Saúde do Sistema Penitenciário imunizou 14.901 pessoas contra o vírus H1N1, entre servidores e pessoas privadas de liberdade em Mato Grosso. A campanha iniciada no dia 27 de abril foi concluída no dia 18 de maio, na Penitenciária de Água Boa, cerca de 741 km a Nordeste. Ao todo foram 11.615 presos imunizados e 3.286 servidores do sistema penitenciário.

No país, a campanha de vacinação contra a influenza foi antecipada para 23 de março e com previsão de encerrar dia 05 de junho. Os servidores do sistema penitenciário e os presos foram incluídos no grupo de risco pelo Ministério da Saúde devido à vulnerabilidade da doença, uma vez que são pessoas que vivem em ambientes aglomerados e também estão expostas ao maior risco de contrair a infecção.

Em Cuiabá e Várzea Grande, a equipe retira as doses nas secretarias municipais de saúde. Já no interior, os Escritórios Regionais de Saúde encaminham as doses previstas para cada unidade penal.

Na Cadeia Pública de Colniza, os 50 internos foram imunizados, além dos policiais penais da unidade. No dia 30 de abril, a unidade recebeu a equipe da Unidade Básica de Saúde Nova Vida, que aplicou a vacinação nos presos e nos servidores.

Coronavírus

Devido as medidas rigorosas tomadas pelo Governo de Mato Grosso, como suspender visitas presenciais dos familiares e advogados, aulas, trabalhos extramuros e atividades religiosas dentro das unidades, a coordenadoria de Saúde do Sistema Penitenciário não registrou nenhum caso confirmado de Covid-19 nos mais de 11 mil presos no Estado.

As visitas presenciais foram substituídas por ligações de vídeo, e-mail, telefonema ou carta. No caso dos advogados e defensores públicos, eles têm se comunicado por videoconferência com os clientes, mediante agendamento com a direção.

Fonte/ Créditos: GOV MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui