fbpx
Connect with us
ads

Coronavirus

Para enfrentar colapso na Saúde em MT, secretário promete mais leitos de UTI

Published

on

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, reforçou a importância do tratamento precoce para os casos de Covid-19 como forma de reverter o cenário desolador nos leitos de UTI de Mato Grosso. Segundo ele, a maioria dos pacientes que têm chegado às unidades hospitalares já com quadros agravados, o que está pressionando ainda mais a capacidade do sistema. Para diminuir a fila de espera por atendimento, Gilberto também prometeu abrir novos leitos de UTI no Estado.

“Temos um número substâncial de leitos de enfermaria disponíveis, mas falta leito de UTI e as pessoas que estão iniciando o tratamento chegam já em estado bastante grave às unidades hospitalares, ao ponto de pular as enfermarias e precisar ir direto para UTI”, comentou em entrevista à Rádio Capital FM, nesta segunda-feira (8). 

Até o último domingo (7), 59 pacientes em estado grave aguardavam por uma vaga em um leito intensivo dos hospitais mato-grossenses. O secretário de Saúde chegou a pedir ajuda a outros estados, mas se deparou com a impossibilidade por parte das outras unidades da federação, que também estão com o sistema de saúde colapsado. 

“Eu mantenho contato com os outros secretários, não existe leito exclusivo para Mato Grosso, Rio de Janeiro… Existem leitos SUS distribuídos pelo País, mas nessa situação hoje está difícil para todos os gestores”, afirmou. 

Questionado sobre as medidas que serão adotadas para minimizar o impacto do avanço desenfreado do vírus, Gilberto Figueiredo declarou que tem trabalhado na abertura de novos leitos de UTI. 

“Não se trata de plano B. Sempre tivemos um plano A, que é aumentar a capacidade hospitalar até exaurir nossa capacidade e isso estamos fazendo. Vamos abrir mais leitos de UTI e enfermarias, enfrentando a dificuldade que o país encontra”, disse. 

Números da pandemia

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde de domingo (07), 261.116 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 6.016 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 261.116 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.053 estão em isolamento domiciliar e 243.401 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 476 internações em UTIs públicas e 412 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 98,96% para UTIs adulto e em 49% para enfermarias adulto.

Fonte: Hiper Notícias

Continue Reading
Advertisement
Comments