fbpx
Connect with us
ads

Estados

Pintor que matou major do Exército por causa de cigarro tem data marcada para julgamento, em MS

Published

on

Está marcado para 11 de dezembro, às 8h30, o julgamento de Bruno da Rocha, de 32 anos, acusado do assassinato do major do Exército e professor Paulo Settervall. O crime aconteceu em 14 de abril de 2019, em Bonito, a 300 quilômetros de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, onde também ocorrerá o júri.

Inicialmente, o julgamento seria em março, mas foi adiado por conta da pandemia do coronavírus. Na última semana a juíza Adriana Lampert emitiu o despacho que designou a nova data de julgamento.

Segundo a denúncia, por volta das 21h50 Paulo estava na calçada, na frente do hotel em que estava hospedado com a família. Em determinado momento, Bruno passou em uma bicicleta, parou e pediu um cigarro. No entanto, o pedido não foi atendido. Então Bruno voltou momentos depois, sem a bicicleta, e abordou Paulo.

Quando a vítima se virou para ver quem era, foi atingida com um golpe de faca no tórax. Com isso, foi feita denúncia contra Bruno pelo homicídio qualificado por motivo fútil, além de recurso que dificultou a defesa do ofendido.

Fonte: Mídia Max

Continue Reading
Advertisement
Comments