fbpx
Connect with us
ads

Polícia

Polícia procura por suspeito de matar pastor com vários tiros em Santarém-PA; latrocínio foi descartado

Published

on

A polícia procura por um homem identificado como Rivaldo Josué Sousa Castro, considerado o principal suspeito de matar com vários tiros um pastor evangélico Glauder Leal Lopes, de 48 anos, em Santarém, no oeste do estado do Pará. O crime aconteceu no dia 15 de novembro na área de ocupação do Espírito Santo, localizada na grande área do Santarenzinho.

O suspeito possui uma ficha extensa de passagens pela polícia e inclusive, tem um mandado de prisão em aberto por roubo majorado, crime que aconteceu no início de 2020.

Segundo a polícia, a vítima estava no local onde funcionava uma caieira. Depois de ter colocado duas sacas de carvão na moto, Glauber foi abordado pelo suspeito que estava escondido no mato. A vítima ainda tentou fugir, mas ainda foi perseguida por, cerca de, 200 metros.

“Segundo o relatório que temos, a gente descarta a hipótese de latrocínio tendo em vista que a vítima foi perseguida essa distância toda e sofreu vários disparos de arma de fogo”, disse o delegado Erik Peterson.

De acordo com a polícia, o suspeito teria matado o pastor evangélico por vingança. Cerca de 2 semanas antes do crime, Glauber foi abordado pelo suspeito que tentou o assaltar. A vítima conseguiu reagir e tomou o terçado, cortando o criminoso na altura da perna.

“A partir daí, com raiva dessa atitude da vítima, o suspeito começou a perseguir a vítima e começou a ameaçar de morte a vítima até conseguir êxito de matar vítima no dia 15”, completou o delegado.

A polícia busca por informações que podem levar ao paradeiro do suspeito. Qualquer pessoa que souber de algo, pode informar a polícia que será mantida a identidade em sigilo.

O caso

Glauder Leal Lopes, de 48 anos, foi morto a tiros na grande área do Santarenzinho, em Santarém, oeste do Pará, no dia 15 de novembro. De acordo com testemunhas, os disparos foram feitos de dentro de um carro de passeio na cor branca.

A vítima caminhava pela rua Resistência, em uma área de ocupação, quando o homem começou a ser perseguido por ocupantes de um veículo e em seguida foi alvejado.

Corpo de Glauder Leal Lopes, 48 anos, foi coberto por um lençol — Foto: Jean Silva/Tv Tapajós

Fonte: G1

Continue Reading
Advertisement
Comments