fbpx
Connect with us
ads

Coronavirus

Prefeito de Pontes e Lacerda-MT insiste em Ivermectina

Published

on

O prefeito de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá), Alcino Barcelos (Republicanos) gravou um vídeo recomendando que os empresários da cidade comprem uma grande quantidade de ivermectina e vitamina D para dar aos funcionários como forma de prevenir a covid-19. No entanto, o medicamento recomendado pelo prefeito não previne a covod-19, como já afirmou a própria fabricante do produto.

No vídeo, divulgado na terça-feira (16), o prefeito pede em “nome de Deus, da família e da vida” que os comerciantes comprem os medicamentos para distribuir em massa aos funcionários o “kit imunidade” para prevenir o aumento de casos de covid-19 na cidade de 50 mil habitantes. “Quero pedir para vocês, comerciantes se unam, cotem. É muito barato hoje ivermectina manipulada, é muito barato vitamina D. Temos laboratórios grandes que fazem preço em conta. Qualquer dúvida entre em contato com a nossa secretaria que nós temos contatos de vários laboratórios”, recomenda o gestor.

Barcelos ainda afirma que a prefeitura não realiza esse tipo de distribuição porque causaria aglomeração. “Imagina juntar milhares de pessoas por dia em um local, mesmo que fosse dividido, para pegar ivermectina e vitamina D”. “Cuide do seu colaborador, você vai entregar automaticamente o kit imunidade na sua empresa. De repente vai estender até a família. Você vai estar ajudando toda a nossa cidade. Não é nem questão financeira, é questão de braço”, enfatiza o prefeito, que também afirma que tentará comprar vacinas contra a covid-19 para o município.

A ivermectina recomendada pelo prefeito Alcino Barcelos é alvo de polêmicas desde o começo da pandemia da coid-19. Apesar de ter sido recomendada no começo pelo Ministério da Saúde, a empresa farmacêutica MSD, que produz o produto, afirmou em fevereiro que não há evidências científicas de o medicamento traga benefícios ou seja eficaz no tratamento da covid-19.

Thank you for watching

O remédio é indicado para o combate de vermes e piolhos. Um estudo realizado pela Associação Médica Brasileira também mostrou que 58,6% dos médicos não viram efeito nenhum da ivermectina em pacientes com covid-19. Médicos também apontaram que o abuso do medicamento pode causar problemas no fígado e pâncreas.

Fonte: Gazeta Digital

Continue Reading
Advertisement
Comments