fbpx
Connect with us
ads

Polícia

Sesp deflagra operação integrada e cumpre 87 mandados em Juína e Alta Floresta-MT

Published

on

Com o objetivo de combater o tráfico de drogas, a Operação Vitae III foi desencadeada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) nas Regiões Integradas de Segurança Pública de Alta Floresta e Juína, a 792 e 734 Km de Cuiabá, respectivamente. Tal crime impactou no aumento dos homicídios nas duas regiões neste ano. São cumpridos 87 mandados judiciais de prisões e de buscas e apreensões.

De janeiro a 05 de julho, os crimes de homicídios em Alta Floresta subiram 110%, saltando de 10 casos em 2019 para 21 em este ano. Já em Juína, o aumento foi de 44%, passando de 30 ano passado para 44 em 2020, considerando análise dos dados obtidos pela Superintendência do Observatório de Violência da Sesp.

Através da Ordem de Operação nº 016/SESP/2020 Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Politec, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e Secretaria Adjunta de Administração Penitenciaria, elaboraram o planejamento para o emprego integrado das forças de Segurança, visando o enfrentamento qualificado da criminalidade.

A Operação Integrada nas RISPs 8 e 9 tem caráter repressivo/oestensivo, realizando ações de acordo com o conhecimento produzido pelas inteligências das instituições nas regionais, com o intuito de resolutividade dos homicídios ocorridos na região, bem como ações de Fiscalização Preventiva e de Policiamento Ostensivo Geral.

O coronel PM Victor Fortes, secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, destacou que as operações integradas tem como objetivo de estancar os crimes de homicídio por execução que vem ocorrendo na região. “Os crimes nas RISPs de Juína e Alta Floresta estão na contramão do que vem ocorrendo no estado de Mato Grosso, que teve redução de 1% nos assassinatos. Poderia ter sido maior se não fossem esses casos. Por isso, deflagramos essa operação para chegar aos criminosos e trazer mais segurança para a sociedade na região”.

Redação 163 Notícias/ PM MT

Continue Reading
Advertisement
Comments