TAXA DE DESEMPREGO SOBE PARA 8,5% EM MT DURANTE PANDEMIA DA COVID-19 | MATO GROSSO

19

Várias empresas decidiram demitir colaboradores para cortar gastos ou até mesmo fechar durante a pandemia do novo coronavírus em Mato Grosso. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego aumentou nos três primeiros meses do ano. A taxa de desocupação da população passou de 6,4% no último trimestre de 2019 para 8,5% no primeiro trimestre de 2020.

Nos últimos dias, a rotina de muitas pessoas tem sido buscar oportunidades no mercado de trabalho pela internet. Lucélia Andrade está desempregada e foi uma das pessoas que perdeu o emprego durante a pandemia.

“A empresa que eu trabalhava teve uma redução de funcionários e eu entrei na lista. Estou distribuindo currículo via e-mail porque não tem como sair. Pra mim a maior dificuldade da pandemia é esperar alguma resposta. Financeiramente vamos ter que se readaptar e se adequar aos meios que eu vou ter de seguro desemprego”, contou.

Uma das alternativas tem sido buscar emprego de forma online, respeitando as medidas de isolamento social.

O consultor de carreira Danillo Rodrigues oferece algumas dicas importantes para quem está procurando uma vaga de trabalho.

“Uma dica de ouro é o currículo objetivo e sucinto. Um currículo bem elaborado aumenta em até 40% a chance do candidato ser convidado a participar de uma seleção. É muito importante nesse momento de pandemia o candidato citar o motivo de saída da sua última experiência. Informar no currículo que o motivo de saída foi a pandemia do Covid-19”, disse.

Outra dica, segundo ele, é enxergar a demissão como a possiblidade de buscar novos conhecimentos e quem sabe uma nova profissão.

“Na pandemia existem diversas oportunidades de recolocação nos seguimentos de marketing digital, tecnologia, saúde e também no seguimento de logística. Esses setores estão com as atividades em alta e com diversas oportunidades “, explicou.

Brasília – Ministério do Trabalho promove ações, em homenagem ao Dia D de Inclusão de Pessoas com Deficiência, em diversas cidades do país com o objetivo de inseri-los no mercado de Trabalho

Fonte / Créditos : G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui