fbpx
Connect with us
ads

Polícia

Traficantes comemoram troca de chefia com baile e fuzis

Published

on

A madrugada deste sábado em Manguinhos, na Zona Norte, foi de festa para traficantes que, erguendo fuzis e pistolas, alguns usando uma blusa com a inscrição ‘Tropa do Mel’, expulsaram comparsas da própria facção, sem tiros. A vestimenta é uma referência a um time de futebol criado por Wilson Quintanilha, o Abelha, apontado pela polícia como um dos chefes do Comando Vermelho. 

De acordo com informações do setor de inteligência da Polícia Militar, Abelha teria ordenado, com cerca de 50 a 100 homens armados, oriundos do Complexo da Penha, a troca do comando na favela. Isso porque, conforme O DIA divulgou, uma menina de 16 anos foi baleada na mão após se recusar a se relacionar com um dos traficantes. Após o crime, a cúpula do Comando Vermelho teria pedido explicações ao traficante Alexander de Jesus Carlos, o Choque ou 220v, preso no Complexo de Bangu, então chefe do tráfico local. 

Choque não negou a violência e teria confessado uma série de violações contra moradores. Entre elas, práticas de milícia, como a expulsão de quem se recusava a pagar taxas de internet pirata; cobrança de líderes religiosos para cultos; e aumento do gás e do moto-táxi.Após saber da expulsão dos criminosos, alguns internautas chegaram a comemorar nas redes sociais da comunidade.

Em um perfil da favela, administrado por traficantes, houve o anúncio: ‘Gestão nova no Bagulho’. Até então, o perfil utilizava o nome 220v, em referência ao traficante Choque.Moradores expulsos Em novembro de 2020, a Polícia Civil passou a apurar a invasão de traficantes no Conjunto Habitacional dos ex-combatentes, em Benfica, onde alguns policiais residiam. Na época, um morador afirmou que a ordem partiu de Choque ou 220v, que já se encontrava preso em Bangu 3. Ele teria ordenado a invasão através de videoconferência, de dentro do presídio.

 A expulsão de alguns moradores ocorreu após eles se recusarem a instalar uma internet pirata no local. Na ocasião, policiais militares foram chamados e conseguiram expulsar os criminosos, após um tiroteio. 

A Secretária de Administração Penitenciária (Seap) instaurou um procedimento interno na época e intensificou a varredura dos telefones celulares nas celas. O criminoso está preso desde 2008 e já passou por presídio federal antes de retornar ao Rio.

 Bandido continua no CV O traficante Abelha saiu pela porta da frente do Complexo de Bangu, em 2021, mesmo com mandado de prisão ativo. A sua saída fez com que uma investigação contra o então secretário de Administração Penitenciária, Raphael Montenegro, fosse deflagrada. Ele foi preso pela Polícia Federal e responde em liberdade.

Apesar de ter ordenado a troca de comando do tráfico em Manguinhos, Abelha não irá assumir a venda de drogas na comunidade, segundo moradores. 
A decisão teria partido dele e acatada pelo restante da facção presa em Bangu, após seguidas reclamações de moradores contra a gestão de Choque.

Choque continua preso na cela com outros chefes da facção. Nas redes sociais, circula a informação de que ele teria mudado de facção, o que não foi confirmado.

Fonte: O Dia

😀Olá! Tudo bom? Clique aqui e receba as notícias no seu celular. Esse é o link de um de nossos grupos no WhatsApp, é só clicar e acompanhar as notícias, fique a vontade!

Continue Reading
Advertisement
Comments