fbpx
Connect with us
ads

Polícia

Traficantes são presos com 407 kg de cocaína avaliados em R$ 12 milhões, em MT

Published

on

Três homens foram presos com 401 tabletes de cloridrato de cocaína, totalizando 407 quilos de drogas, resultando num prejuízo estimado de R$ 12 milhões aos criminosos, na soma do entorpecente e veículos apreendidos. O flagrante foi efetuado neste sábado (31 de outubro) durante ação do Grupo Estadual de Segurança na Fronteira (Gefron) com a Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A apreensão ocorreu próximo à cidade de Planalto da Serra (260 km de Cuiabá), dentro da Operação Hórus/Vigia.

Equipes policiais receberam uma denúncia anônima de que um caminhão Ford Cargo de cor branca estaria transportando grande quantidade de drogas e que uma caminhonete Hilux de cor prata estaria sendo utilizada como batedor. Com essas informações, foi montada uma força-tarefa entre Gefron, PF e PRF, que se deslocaram até as rodovias MT-140 e MT-020.

Já próximo a Planalto da Serra foram visualizados o veículo Hilux e o caminhão logo atrás. Os policiais fizeram a abordagem e localizaram no caminhão um compartimento secreto tipo “mocó”, contendo 401 tabletesde cocaína.

Os três suspeitos foram presos por tráfico de drogas. Juntamente com os materiais e os veículos, eles foram encaminhados para a Polícia Federal de Cuiabá, para as providências que o caso requer.

Outra ação na fronteira

Também durante a Operação Hórus/Vigia, em continuidade à força tarefa entre Gefron e a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), policiais faziam patrulhamento na MT-265, em Porto Esperidião (325 km da capital), na fronteira com a Bolívia, e abordaram um veículo Volksvagen Saveiro de cor prata. A ação ocorreu no final da tarde de sábado.

O Gefron fez a checagem e constatou que o carro, ocupado por duas pessoas, havia sido roubado poucas horas antes, no distrito de Adrianópolis-MT. As vítimas eram um casal de idosos. Segundo o registro de ocorrência, os suspeitos usaram de violência para praticar o crime. Durante a checagem dos ocupantes foi verificado que um deles possui um mandado de prisão em aberto, na Comarca de Comodoro (MT), pelo crime de estrupo de vulnerável.

Diante dos fatos, o veículo e os ocupantes foram encaminhados para a Defron. O prejuízo ao crime é de R$ 43 mil.

Fonte: Folha Max

Continue Reading
Advertisement
Comments