UNIVERSITÁRIA QUE SE PASSAVA POR FILHA DE JUÍZA PARA APLICAR GOLPES É PRESA SUSPEITA DE ESTELIONATO EM MT | MATO GROSSO

179

Uma universitária – que já foi presa por se passar por filha de juíza para aplicar golpes – foi presa novamente nesta terça-feira (26) pela Polícia Civil de Sorriso, a 420 km de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, Joara Chagas da Silva, de 25 anos, conhecida como Joara Pimentel, foi presa por determinação de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

O G1 não localizou o advogado dela. Nas redes sociais, ela sempre se declarava inocente das acusações de estelionato, inclusive quando foi ouvida pela polícia.

A jovem foi presa em uma operação que cumpriu três mandados de prisão em Sorriso. Joara é estudante de fisioterapia e já foi presa em outras ocasiões pelo mesmo crime.

Ela era investigada por ter aplicado diversos golpes de estelionato. Em um deles, se passando por filha de uma juíza, ela ganhava a confiança das vítimas pagando jantares e passagens de avião.

A universitária agia da mesma forma: passava a imagem às vítimas de que tinha um padrão de vida e bancar coisas para elas

De acordo com as investigações, ela também aplicava golpes nas redes sociais onde vendia ingressos para festas e pacotes de viagem.

Ela foi encaminhada para a cadeia feminina de Colíder, no norte de Mato Grosso.

Fonte/Créditos : G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui